Federer, Nadal, Serena e Venus Williams, o que move esses tenistas?

Federer-Nadal-Serena-Venus-Willians-Australian-Open-2017

Crédito imagem: (Getty Images/Ringer illustration)

Federer, Nadal, Serena e Venus Williams. Esses grandes nomes do tênis mundial, deixam para trás adversários de renome, de peso, de incontáveis qualidades e o fazem com muito suor e lágrimas… de felicidade. Além da experiência, vigor físico, técnicas perfeitas, etc, provaram que é possível chegar lá mais uma vez, mesmo que para tal tenham que superar os mais diversos obstáculos, como a idade, o oponente, a pressão dentro e fora das quadras, o calor, rivalidades, lesões e tantas outras situações!

E o que move esse mundo do tênis, como nos demais esportes? Venceram pela premiação? Duvido! São multimilionários, então não é isso!!! O que leva um ser humano a buscar tal conquista, sendo que para nenhum deles eram títulos inéditos? O que leva os esportista desse nível, aos 35 anos a se gladiarem para conquistar seus objetivos? Pode aqui cada leitor enumerar um monte de colocações, todas corretas, também compartilho com certeza, mas no meu ponto de vista é a força interior em acreditar em si mesmo!

Na real crença que são capazes, treinam, treinam e treinam mais um pouco… Será que mediante tanto dinheiro, já tantos títulos e tudo mais na carreira já não seria o suficiente? Para que tanta obstinação e persistência? Para provar para si mesmos e deixar exemplos ao mundo todo, que tudo que se faz com dedicação, amor e foco, tem que ser feito de corpo e alma até as últimas consequências!

Tomemos os exemplos que o tênis e todos os esportes nos dão e apliquemos em nossas vidas, no nosso dia-a-dia! Sempre é hora de começar, recomeçar e acreditar, sabendo que não existe mágica, mas sim muito treino, treino, suor e lágrimas… de felicidades!

Prof. Odair de Brito.

2 thoughts on “Federer, Nadal, Serena e Venus Williams, o que move esses tenistas?

Deixe uma resposta ou comentário. Obrigado.